Como Tratar

Apesar de não existir cura para a diabetes, é possível evitar as suas complicações se o tratamento for feito correctamente desde o início. 

O controlo da diabetes é feito mantendo os níveis de glicose no sangue o mais próximo possível dos parâmetros normais. Este objectivo é conseguido através da combinação:

 

Alimentação equilibrada 

As pessoas com diabetes tem necessidades nutricionais idênticas às das outras pessoas, necessitam de uma dieta equilibrada, no entanto devem vigiar a quantidade de açúcar e de gordura que ingerem diariamente. 

 

Exercício físico 

O exercício físico baixa os níveis de glicose no sangue. Tal como a insulina, também o exercício facilita a utilização eficaz da glicose que existe no sangue. Por outro lado, a actividade física é determinante para perder peso, o que é importante para as pessoas com diabetes tipo 2. 

 

Tratamento com comprimidos 

Existem diferentes tipos de comprimidos que podem ajudar a baixar o nível de açúcar no sangue. Podem ajudar o pâncreas a produzir mais insulina, reduzir a resistência à insulina ou reduzir a quantidade de açúcar que entra no sangue, após a ingestão de alimentos. 

 

Tratamento com insulina 

À medida que os anos passam, a diabetes progride e o organismo produzirá menos insulina. Para atingir níveis de açúcar no sangue perto dos valores normais, poderá ser necessário fornecer insulina ao organismo. 

O que é a insulina? A insulina é uma hormona naturalmente produzida pelo pâncreas. Por ser uma proteína, ela não pode ser ingerida por via oral, pois, nesse caso, seria digerida pelas enzimas do aparelho digestivo. A insulina é administrada sob a forma de injecções subcutâneas, geralmente por meio de uma caneta de insulina. O médico ou enfermeiro podem fornecer folhetos informativos sobre o tratamento com insulina, bem como todas as explicações de como iniciar um tratamento com insulina. 

 

Existem vários tipos de insulina 

• Insulinas modernas (análogos de insulina) de acção lenta, de acção rápida e bifásicas. Estas insulinas procuram ter um perfil, o mais fisiológico possível, de forma a imitar a insulina endógena. 

• Insulinas mais antigas (humanas) igualmente com vários perfis de acção. Nas pessoas sem diabetes, o pâncreas segrega grandes quantidades de insulina durante as principais refeições. Uma quantidade menor de insulina é também segregada ao longo do dia. 

 

O pâncreas saudável produz insulina em função das necessidades. O objectivo do tratamento com insulina é o de imitar, tanto quanto possível, o “perfil fisiológico da insulina”. Para ajudar a alcançar este objectivo o médico pode prescrever o tratamento com insulina adequado às necessidades diárias de cada doente, tendo em conta o seu programa alimentar, exercício, estilo de vida, etc.