Tipos de diabetes

Diabetes tipo 1 

Nas pessoas com diabetes tipo 1 o pâncreas deixa de produzir insulina muito subitamente. Assim, o tratamento da diabetes tipo 1 é necessariamente feito com insulina. 

Pessoas de todas as idades podem desenvolver diabetes tipo 1, mas a doença ocorre, geralmente, em crianças e adultos abaixo dos 30 anos de idade. 

Diabetes tipo 2 

Nas pessoas com diabetes tipo 2, o pâncreas deixa de funcionar mais lentamente. De um modo geral, esta forma de diabetes é diagnosticada numa fase mais tardia da vida, embora possa ser diagnosticada em pessoas mais jovens. É comum em pessoas que têm familiares com diabetes tipo 2. A diabetes tipo 2 é muito mais vulgar do que a de tipo 1, representando cerca de 90% das pessoas com diabetes. 

Nas pessoas com diabetes tipo 2, a insulina produzida pelo pâncreas não é suficiente ou não atua de forma adequada para diminuir os níveis de glicemia. A diabetes tipo 2 está muito relacionada com a obesidade e, por isso, atinge, cada vez mais, pessoas jovens. Inicialmente, o tratamento pode ser apenas com dieta e exercício físico, mas, com o decorrer da doença é normalmente necessário recorrer a tratamentos. 

A evidência atual mostra que o risco de desenvolver diabetes tipo 2 resulta da combinação da suscetibilidade genética associada a actividade física reduzida e aumento do consumo de calorias. 

São fatores de risco para o desenvolvimento de diabetes tipo 2: 

• História familiar de diabetes tipo 2 

• Idade acima de 45 anos 

• Tolerância diminuída à glicose 

• Inatividade física 

• Peso acima do normal/Obesidade 

• Antecedente de diabetes gestacional.